Sacola

Nenhum produto no carrinho.

Lua externa, Lua interna

O ciclo da Lua tem aproximadamente 28,5 dias, duração similar ao ciclo menstrual feminino (nossa “Lua interna”). Apesar de ritmado, o ciclo menstrual pode ter durações diferentes ao longo da vida de uma mulher, fazendo com que seu período menstrual aconteça em diferentes fases lunares. Para Miranda Gray, a fase na qual menstruamos traz informações importantes sobre o momento que estamos vivendo em nossas vidas. Ela fala sobre dois ciclos principais, os em que os ápices de nossa Lua interna coincidem com os da Lua externa:

Ciclo da Lua Branca: 

Quando menstruamos próximo à Lua Nova, estamos vivendo o Ciclo da Lua Branca. Esse é considerado por algumas tradições como o ciclo mais natural, por ser alinhado à energia lunar. Quando menstruamos na Lua Nova, e ovulamos na Lua Cheia, nosso poder fértil e o da Lua Cheia coincidem, assim como nossa interiorização na fase menstrual coincide com a fase lunar em que a seiva das plantas desce até as raízes sob a terra. Nesse ciclo, manifestamos as mesmas energias das fases lunares dentro de nós, potencializado-as. O ciclo da Lua Branca traz as características do arquétipo da mãe/cuidadora, onde nossa energia criativa está direcionada para o exterior, nos tornando mais doadoras, nutridoras e mais férteis, tanto em nossos úteros como em nossas vidas.

O círculo central é a Lua interna. Quando sangramos estamos vivendo nossa Lua Nova interna. O anel de fora é a lunação no céu, a Lua externa.
  A ovulação equivale à Lua Cheia pois na ovulação nossa energia expande-se para fora, assim como a seiva das plantas, que sobe até as folhas na Lua Cheia.
  A menstruação equivale à Lua Nova pois durante a menstruação nossa energia volta-se para dentro assim como durante a Lua Nova a seiva das plantas flui para as raízes sob a terra.

Ciclo da Lua Vermelha:

Quando menstruamos próximo à Lua Cheia, estamos vivendo o Ciclo da Lua Vermelha. Quando a ovulação ocorre na Lua Nova, a fertilidade vai na direção contrária à expressão das energias de procriação da Lua Cheia, em direção ao desenvolvimento interior, à expressão da força criativa, ao autoconhecimento. Nossa criatividade e energia do período menstrual, que em geral é direcionada para o recolhimento interior, tende a ser direcionada para fora quando menstruamos nesta fase. Esse ciclo traz a energia do arquétipo da bruxa/feiticeira e é um período em que revelamos nossa força pessoal e que podemos utilizar essa força para processos de cura e transformação interior.

Ciclos de transição:

Quando menstruamos na Lua Crescente ou na Lua Minguante, estamos vivendo um período de transição em nossas vidas, assim como a Lua, que transita entre as forças ápices das fases Nova e Cheia. 

A Lua Crescente traz consigo o arquétipo feminino da Donzela, e isso pode indicar que um novo ciclo esteja iniciando na sua vida, ou que você esteja vivendo um momento de conexão com a energia da donzela ou da adolescente que foi.

A Lua Minguante traz o arquétipo da mulher Feiticeira e quando uma mulher menstrua na Lua minguante ela pode estar vivendo um período em que precisa desapegar de antigos padrões, estabelecer limites em sua vida,  ou isso pode indicar o encerramento de um ciclo e uma forte conexão com a intuição.  

Todos os ciclos são manifestações da nossa natureza feminina e não há ciclo melhor ou mais correto que outro. Cada vez que o seu ciclo tiver duração diferente do que 28,5 dias, está ocorrendo uma mudança da sua Lua interna (a menstruação) em relação à Lua externa (a Lua lá no céu), fazendo você transitar entre as diferentes combinações de ciclos internos/externos. O período menstrual de uma mulher poderá transitar por diferentes fases lunares ao longo de sua vida de acordo com suas circunstâncias, emoções, objetivos e ambições.

O verdadeiro conhecimento em relação à estes ciclos deve ser elaborado por você mesma, a partir da observação de como a Lua influencia seu próprio ciclo menstrual e o que muda quando você menstrua em diferentes fases lunares.


Esse texto fez parte da edição de 2019 da Mandala Lunar