Sacola

Nenhum produto no carrinho.

Quem Somos

A Mandala Lunar está em sua 7ª edição e já chegou às mãos de aproximadamente 70 mil pessoas. Esse projeto teve início em 2015 como resultado da colaboração de três amigas, Ieve Holthausen, Naíla Andrade e Victoria Campello, que se uniram com o propósito de semear conhecimentos direcionados às mulheres e pessoas que menstruam. Juntas fizemos cinco edições da Mandala Lunar unindo nossas próprias artes e escritos com o de muitas outras amigas e colaboradoras. Em 2020 vivemos um novo momento do projeto com a saída da Vic, que decidiu seguir outros caminhos. Dessa forma, hoje a Mandala Lunar é um projeto de Ieve Holthausen e Naíla Andrade. Somos muito gratas por tudo o que construímos juntas e pelo amor que nos uniu e que possibilitou fazer essa mudança de forma cuidadosa e celebrativa. 

Enquanto criávamos a Mandala Lunar 2022, estivemos no segundo ano da pandemia da Covid-19, em meio a um caos político, econômico e social. O futuro parecia incerto. Ao criar esse objeto que chega de forma tão doce e próxima a tantas pessoas, não queríamos fugir de olhar para o nosso mundo e para o que vivemos nesse momento. Como trazer uma visão de futuro, de coletivo e esperança diante de tantas injustiças que nos fazem desacreditar no porvir? Nesse momento, como falar sobre a importância do autocuidado, que é o que sempre fizemos? Esse tem sido o nosso desafio: buscar a integração entre interno e externo, indivíduo e coletivo, nós mesmas e os outros. 

Queremos também aplicar nosso conhecimento e autocuidado para nós mesmas e para a nossa rede, cuidando da nossa saúde física e mental enquanto criamos esse projeto/objeto que é imenso. A Mandala Lunar não é sobre nós duas: é sobre muitas de nós. É um projeto do qual somos guardiãs mas que envolve muitas pessoas que usam, disseminam, apoiam e fazem pedidos. É uma grande responsabilidade criar a Mandala Lunar,  o que também nos possibilita ser um canal de muita força e amor. Por isso, mais do que nossas próprias vontades, acolhemos um pouco de cada uma, fazendo com que essa Mandala tenha muitas vozes, trazendo unidade à nossa diversidade como cíclicas e cuidadoras deste planeta maravilhoso, a nossa mãe Terra. 

Esse projeto é cuidado por nós mesmas e por uma pequena equipe de pessoas que cuidam de atendimento, processo de vendas, site, financeiro e suporte técnico. A cada final de ano, mulheres de todo o Brasil revendem a Mandala para suas redes e círculos, fazendo, assim, uma distribuição orgânica e sistêmica, fora da estrutura de grandes livrarias e lojas. Essa forma de distribuição em redes fortalece a economia circular e local, as relações, cria laços e espaços de conexão e de criação conjunta, como rodas e encontros em todo o país. 

Ao longo dessa jornada, temos aprendido sobre como fazer isso que estamos fazendo. Seguimos fazendo aquilo que amamos, aprendendo sempre e unidas nesse projeto que é muito maior do que nós mesmas. Somos gratas por você fazer parte dessa história. 

Que bom que estamos juntas!