Sacola

Nenhum produto no carrinho.

Em sincronia com o Sol

A Roda do Ano

A roda do ano era a forma como os povos celtas celebravam os ciclos da terra, dividindo o ano em 8 pontos. Em cada um desses 8 pontos aconteciam festivais para honrar a terra, dançar e celebrar a comunidade. Quando a terra vai se movendo ao redor de si mesma e do Sol em sua dança cíclica, ela mobiliza também padrões de energia que afeta a todos, mesmo que não estejamos conscientes disso. Se entendermos a forma como essas energias se movem poderemos agir de acordo com esses movimentos, vivendo de forma mais harmônica com a terra e com todos os seres que habitam ela.

As oito divisões do ano são marcadas pelos solstícios, os dois pontos exatos onde ou o dia ou a noite são os mais longos do ano; pelos equinócios, os dois pontos onde os dias e noites são iguais, e, pelos pontos que ficam no intervalo entre esses eventos. Esses festivais eram também chamados de Sabbats e hoje muitos movimentos neo-pagãos buscam resgatar esses festivais. Te convidamos a encontrar uma forma de celebrar cada um desses momentos e mudanças de energia da terra criando seus próprios rituais e celebrações.

Esse texto fez parte da Mandala Lunar 2019