Sacola

Nenhum produto no carrinho.

Autocuidado durante a menstruação

A Mandala Lunar é uma ferramenta para observar as oscilações cíclicas de nossas emoções, percepções físicas, sensações e predisposições. Além disso, ela é um livro com conteúdos diversos que apoiam a jornada pessoal de autoconhecimento. Entre eles, há informações que ajudam a aprofundar o conhecimento sobre o ciclo menstrual. Nosso desejo é desmistificar os tabus sobre a menstruação e incentivar a autonomia.

O ciclo menstrual é um ciclo hormonal, um processo cíclico e contínuo envolvendo a maturação e a liberação de óvulos pelos ovários, o espessamento da camada de revestimento interno do útero e a liberação dessa camada de tecido através da menstruação. Um ciclo menstrual tem em média 29 dias, mas pode variar entre 21 e 35 dias. Ele inicia no primeiro dia da menstruação (com fluxo de sangue vermelho vivo) e termina um dia antes da próxima menstruação começar.

Podemos dividi-lo em duas grandes fases:

  • Na fase folicular, a primeira fase do ciclo. Nessa fase predomina o estrogênio. Começa no primeiro dia da menstruação e dura até a ovulação. É comum a ovulação acontecer entre o 11º e 15º dia do ciclo menstrual, mas pode demorar um período mais curto ou mais longo para acontecer. O estrogênio aumenta a libido, melhora a disposição e o humor. Podemos nos sentir mais alegres, dinâmicas e otimistas devido ao aumento da serotonina (que promove um sentimento de bem-estar e de felicidade) e da dopamina (associada à motivação e ao prazer). A fase folicular é a primavera do ciclo menstrual. Sua energia é de expansão, de início de um novo ciclo e, por isso, podemos nos sentir mais confiantes. Nesse momento, toda a nossa força criativa está ativada.

  • Fase lútea, segunda fase. Inicia após a ovulação e vai até um dia antes da menstruação, quando começa um novo ciclo menstrual. Nessa fase predomina a progesterona. A progesterona é um hormônio calmante, moderador de humor e tem uma qualidade “yin”. Ao fim dessa fase ocorre uma queda nos níveis hormonais, que desencadeiam as mudanças de humor e a menstruação.

No período menstrual podemos nos sentir com menos energia física, desejando mais pausa e recolhimento. Normalmente é um momento que ficamos mais sensíveis aos estímulos externos, sentindo algumas alterações físicas e emocionais. Se você puder, abra espaço em sua agenda para descansar e se cuidar nesse período. Além disso, cultive alguns hábitos para aliviar desconfortos, cólicas e inchaços e se acolher neste momento do ciclo menstrual.

Fizemos uma lista de sugestões que podem te auxiliar nesse período:

  • Vaporização do útero: com camomila, artemísia ou sálvia. Fazê-la alguns dias antes da menstruação ajudam a relaxar e amenizar o desconforto;
  • Anotar sonhos: nossa intuição e canal com o inconsciente ficam mais vivos durante a menstruação. Aproveite este momento para escrever e ouvir os sinais que os sonhos trazem;
  • Beber água: para manter-se hidratada durante o período;
  • Pés quentinhos: use meias ou calçados e, se quiser, faça um escalda-pés. Esse cuidadinho ajuda a prevenir cólicas e manter a saúde do ciclo;
  • Ventre aquecido: use calcinhas altas, faixas ou panos. Eles ajudam na sensação de conforto e acolhimento. A bolsa de água quente é uma aliada no alívio de cólicas menstruais;
  • Bioabsorvente, calcinha menstrual e/ou coletor menstrual: absorventes descartáveis têm em seus componentes substâncias tóxicas que contaminam a água e a terra, gerando lixo que pode levar até 500 anos para se decompor. Se for possível para a sua realidade, opte por opções reutilizáveis;
  • Oferte seu sangue à terra: o sangue menstrual é rico em nutrientes e pode ser usado como um biofertilizante para regar suas plantinhas. Para isso, sempre dilua seu sangue em água.
  • Ritualizar: aproveite o momento da menstruação para “liberar” junto com o seu sangue aquilo que você não quer mais. Despeça-se de medos, amarras, bloqueios e o que mais você desejar.

A possibilidade de descanso durante a menstruação é um privilégio que muitas mulheres não têm. Se você tiver condições, ofereça apoio e cuidado a outras.

Lembramos que cada corpo é único e que vivenciamos cada fase do ciclo de maneiras diferentes. O importante é se perceber e acolher as suas necessidades sempre que for possível.

As ilustrações são da Vic Campello (@prismatempo)